DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

   Ouça a FM 92.3
31.3 C
Manaus
sábado, outubro 16, 2021

DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

   Ouça Rádio Onda Digital FM 92.3

Covid-19: J&J pede autorização para dose de reforço de vacina nos EUA

Nesta terça-feira (5), a Johnson & Johnson anunciou que entregou dados para a agência reguladora norte-americana Food and Drug Administration (FDA) para a autorizar o uso emergencial para uma dose de reforço de sua vacina contra a Covid-19 em pessoas com mais de 18 anos nos EUA.

Veja também:

- Anúncio -

CPI da Covid: Raimundo Nonato, sócio da VTCLog, presta depoimento

Vacinação: Brasil recebe nova remessa de doses da Pfizer

A J&J disse que o pedido inclui dados de um estudo em estágio avançado que concluiu que uma dose de reforço aplicada 56 dias após a dose inicial dá proteção de 94% contra casos sintomáticos da Covid nos Estados Unidos e de 100% contra quadros graves da doença, ao menos 14 dias após a aplicação da dose de reforço.

Embora cientistas se dividam sobre a necessidade de doses de reforço contra a Covid em um momento em que muitas pessoas nos Estados Unidos e em outros países ainda não receberam vacinas, o governo do presidente norte-americano, Joe Biden, anunciou a iniciativa de aplicação de uma dose extra em agosto para impulsionar a proteção contra a variante Delta do novo coronavírus.

Segunda dose da vacina

O pedido da J&J vem após a FDA agendar na semana passada uma reunião para o dia 15 de outubro de seu comitê de especialistas para discutir se autoriza uma segunda dose da vacina de dose única da companhia.

A FDA já autorizou uma dose de reforço da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Pfizer em parceria com a BioNTech para pessoas com mais de 65 anos, pessoas com alto risco de contraírem formas graves da doença e as que são regularmente expostas ao vírus.

Acompanhe nossas redes sociais

Instagram

Facebook

Twitter

Artigos Relacionados

Mantenha-se Conectado

1,298FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
21SeguidoresSeguir
144InscritosInscrever

Últimos Artigos