DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

   Ouça a FM 92.3
33.3 C
Manaus
domingo, outubro 24, 2021

DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

   Ouça Rádio Onda Digital FM 92.3

No Amazonas, Defensoria requisita documentos da CPI da Pandemia

A Defensoria Pública enviou ofício à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado Federal, que apura ações e omissões na gestão da pandemia da Covid-19, requisitando o compartilhamento de informações e documentos referentes ao contexto pandêmico investigado pelos senadores, no que se refere à crise que assolou o Estado do Amazonas.

Veja também:

- Anúncio -

Defensoria lança edital de concurso com salário de R$ 14,6 mil no Amazonas

As informações servirão como base para a análise sobre a possível instauração de um Procedimento de Apuração de Dano Coletivo (PADAC) pela Defensoria, e de uma Ação Civil Pública. O Órgão está aguardando a resposta da comissão.

De acordo com o defensor público Rafael Barbosa, que assina o ofício, o PADAC, se instaurado, terá o objetivo de “responsabilizar as autoridades que deram causa ao elevado índice de mortalidade apurados, tanto na cidade de Manaus como no Estado do Amazonas, sobretudo, acerca da crise de oxigênio, que teve seu ápice em meados de janeiro de 2021, bem como a difusão, sem respaldo científico, do ‘tratamento precoce’”.

No ofício encaminhado à CPI, a Defensoria pede que, caso não seja possível o compartilhamento das informações e documentos solicitados, seja remetido à Defensoria o Relatório Final da Comissão Parlamentar de Inquérito, assim que concluído os trabalhos da CPI da Pandemia.

O defensor Rafael Barbosa ressalta que a Defensoria de Interesses Coletivos vem acompanhando as questões relacionadas à pandemia de Covid-19 desde o princípio, em especial nos momentos mais críticos, como os vivenciados no Amazonas na primeira e segunda onda com o pico de contágio e mortes, cobrando condutas do governos estadual, federal e municipal, inclusive em relação à vacinação. Barbosa explica que a pandemia está em outra fase agora, em que cabe a preocupação com os atos já praticados.

O defensor diz ainda que a Defensoria vem também, de modo comprometido, acompanhando a evolução da CPI no Senado Federal e, por isso, solicitou o compartilhamento do que já foi apurado, principalmente em relação ao Amazonas e Manaus.

Resposta

O pedido de compartilhamento de informações da Defensoria é um desdobramento de um ofício enviado em 11 de agosto pela CPI da Pandemia à instituição, solicitando o ajuizamento de ações indenizatórias em favor de amazonenses vitimados pela Covid-19

“À vista dos elementos informativos colhidos por esta comissão até a presente data, solicito que esta Defensoria Pública providencie aos amazonenses as medidas jurídicas necessárias à reparação do dano por eles sofrido ligado à pandemia da Covid-19 neste Estado, responsabilizando-se todos os que deram causa a esse dano”, diz trecho do ofício da CPI.

Acompanhe nossas redes sociais

Instagram

Facebook

Twitter

Artigos Relacionados

Mantenha-se Conectado

1,298FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
21SeguidoresSeguir
149InscritosInscrever

Últimos Artigos