DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

25.3 C
Manaus
sábado, dezembro 4, 2021

DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

Marcelo Ramos pede a Bolsonaro veto imediato a aumento do Fundo Eleitoral

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM) pediu ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que vete o trecho da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022,aprovada pelo Congresso, que autoriza o aumento no Fundo Eleitoral.

A LDO é a base do Projeto de Lei Orçamentária Anual. A proposta, que aguarda a sanção presidencial, permite que o valor do Fundo Eleitoral chegue R$ 5,7 bilhões em 2022. Nas eleições municipais de 2020, o valor desse fundo foi de cerca de R$ 2 bilhões.

- Anúncio -

“Atenção! Depois de toda a fanfarronice, o presidente Bolsonaro está armando um acordão pra dobrar o valor do fundo e passar pra 4 bilhões! A verdade sempre aparece!”, disse o parlamentar em post no Twitter publicado nesta terça-feira (20).

Segundo o vice-presidente da Câmara, Bolsonaro articula para que o texto permita o aumento do agora chamado “fundão eleitoral” a pelo menos R$ 4 bilhões.

Ramos ainda cobra para que Bolsonaro analise e vete o texto o quanto antes. Assim, ao analisar o veto do presidente, o Congresso teria que votar nominalmente, ou seja, seria possível verificar quais congressistas votaram contra o veto ou a favor.

“Presidente Bolsonaro. Acordão de 4 bilhões, não! Vete total! Cumpra sua palavra! E não espere o último dia do prazo não! Vete hoje e devolva pro Congresso porque aí o voto é obrigatoriamente nominal!”, disse .

As declarações de Marcelos Ramos no Twitter foram apoiadas pelo ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

 

Via Poder 360

 

Saiba mais em Fiscaliza Amazonas

Acompanhe nossas redes sociais

Instagram 

Facebook

Twitter 

Artigos Relacionados

Mantenha-se Conectado

1,298FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
29SeguidoresSeguir
159InscritosInscrever

Últimos Artigos