DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

24.3 C
Manaus
quarta-feira, janeiro 26, 2022

DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

Pregão para serviços de marketing digital na CMM tem indícios de irregularidades

Realizado nessa segunda-feira (27) na Câmara Municipal de Manaus (CMM), o Pregão Presencial N.º 027/2021, que teve como objetivo a contratação de empresa especializada em marketing digital, apresenta indícios de favorecimento e direcionamento de empresas vencedoras.

A finalidade do licitação, conforme Termo de Referência, é contratar “empresas prestadoras de serviços especializados de Consultoria marketing institucional, para ampliar as ações e dinamizar a utilização dos canais de comunicação da Câmara Municipal de Manaus, tanto para com o público externo quanto para com seu público interno (Endomarketing), e de veiculação de informes publicitários em jornais, revistas, blogs e portais de notícias na internet”.

- Anúncio -

Das 11 empresas que disputariam, apenas quatro participaram da sessão e duas consagraram-se vencedoras: o Grupo Mídia Publicidade e Eventos LTDA, para atender ao Item 1 (consultoria em Comunicação Institucional), que vai receber um total de R$ 235,8 mil para serviços executados durante ao longo de 12 meses; e a Tape Publicidade LTDA, para atender ao Item 2 (desenvolvimento de estratégias de Marketing Institucional). A agência receberá um valor anual de R$ 540 mil.

Leia mais:

Comitê pede ação judicial contra reajuste do Cotão na CMM

CMM aprova orçamento de 2022 enviado pelo Executivo municipal

 

O certame, no entanto, teve vários indícios de irregularidades. A empresa Agência de Interatividade e Marketing LTDA foi inabilitada por não atender ao item 08.1.2.2., “Prova de inscrição no Cadastro de contribuintes Municipal”. Nesse sentido, a reportagem solicitou à assessoria da CMM lei que respalda a exigência de inscrição na Prefeitura para participar de licitação.

A empresa Grupo Mídia Publicidade e Eventos LTDA -ME, que apresentou valor maior que a empresa Digital Comunicação LTDA, foi declarada vencedora do Item 1. Além disso, a Grupo Mídia Publicidade, apesar de ausência de prova de inscrição no Cadastro de Contribuintes Municipal, concorreu ao certame. No entanto, este critério, previsto no item 08.1.2.2, motivou a desclassificação da empresa Agência de Interatividade e Marketing LTDA.
A reportagem aguarda o posicionamento da diretoria da CMM sobre as questões citadas.
Daniel Amorim, da redação

 

 

Acompanhe nossas redes sociais

Instagram 

Facebook

Twitter 

Artigos Relacionados

Mantenha-se Conectado

1,298FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
40SeguidoresSeguir
167InscritosInscrever

Últimos Artigos