DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

25.3 C
Manaus
sábado, dezembro 4, 2021

DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

Prefeitura de Manaus suspende entrega do T6 e ponto facultativo

A Prefeitura de Manaus anunciou que suspendeu a entrega da operação do Terminal de Integração 6 (T6), no bairro Lago Azul, zona Norte de Manaus. A decisão atende recomendação da área técnica do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), que apontou ineficiência da operação das linhas no local causada pela localização do terminal, distante das vias de grande fluxo de veículos, assim como pela necessidade de mudanças no itinerário das linhas de bairros adjacentes, o que causaria transtornos aos usuários do transporte coletivo.

Diante da suspensão, a prefeitura adotará medidas para dar funcionalidade à estrutura do Terminal 6. Já há tratativas iniciais junto ao governo do Estado para que o local abrigue um novo terminal rodoviário. Ressalte-se que a destinação final do T6 ainda será definida.

- Anúncio -

Melhorias

Nesta terça-feira (31), o prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou uma série de medidas para melhoria no transporte coletivo da capital amazonense, como a aquisição de 30 novos ônibus intermediários e dez elétricos.

“Nós estamos analisando o produto novo, intermediário – entre o ônibus convencional e o articulado – e que pode transportar até 100 passageiros com um custo bem acessível, dentro do que o sistema pode absorver. Nos reunimos aqui com os representantes da prefeitura, das empresas de transporte e dos trabalhadores, e vamos trabalhar já os primeiros passos para a aquisição de 30 ônibus como esse, e eu já adianto: estamos finalizando as tratativas para aquisição de dez ônibus elétricos, é uma realidade que nós vamos implementar na nossa cidade”, salientou Almeida.

O chefe do Executivo municipal referiu-se ao novo ônibus, que foi apresentado nesta terça pela empresa Marquise/Mercedes, denominado “O500 Super Padron”, e que conta com, entre outras características: capacidade para 100 pessoas; até 14 metros de comprimento e até cinco portas, podendo ser do lado direito ou esquerdo; motor traseiro de 310 cavalos, o que proporciona menor impacto dianteiro; ar-condicionado; volante multifuncional; economia de gasolina; conforto devido à suspensão pneumática; menor altura de piso, beneficiando a acessibilidade de Pessoas com Deficiência (PcDs). A partir do fechamento do contrato, os 30 ônibus têm de 90 a 120 dias para estar circulando nas ruas de Manaus.

O prefeito ainda destacou as diversas melhorias em que a Prefeitura de Manaus está empenhada, desde o início da gestão, em prol da população e trabalhadores que fazem uso do transporte coletivo diariamente.

No mês de abril, 42 ônibus novos foram integrados ao sistema de transporte coletivo da cidade, o que marcou o início da meta de renovar, pelo menos, 80% da frota de ônibus até o final do mandato.

Fiscalização

O prefeito destacou que, em resposta aos diversos acidentes de trânsito que têm acontecido na cidade de Manaus, a principal medida da prefeitura para preservar a saúde da população e inibir os acidentes será o retorno da fiscalização eletrônica (radares), nas principais vias da capital.

“Eu já autorizei o início do certame para contratação do projeto básico, e depois o Executivo, para que, ainda este ano, a gente possa dar segurança à população de todas as zonas de Manaus, coibindo a alta velocidade e preservar a vida”, explicou.

 

Via assessoria

 

Saiba mais em Fiscaliza Amazonas

Acompanhe nossas redes sociais

Instagram 

Facebook

Twitter 

Artigos Relacionados

Mantenha-se Conectado

1,298FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
29SeguidoresSeguir
158InscritosInscrever

Últimos Artigos