DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

25.3 C
Manaus
sábado, dezembro 4, 2021

DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

Autópsia de amigas amazonenses, mortas em São Paulo, aponta envenenamento

Os resultados do IML (Instituto Médico Legal), onde os corpos de Julia Renata Garcia Rafael, de 26 anos, e Claudia Cristina, de 35 anos, ainda estão em análise, apontam que as duas amigas amazonenses, que desapareceram no dia 3 de junho após uma festa em Paraisópolis, em São Paulo, foram envenenadas.

Os corpos das vítimas foram localizados no acostamento do quilômetro 48 do Rodoanel Mário Covas, na terça-feira (15), localizado a 25 km de distância da comunidade citada.

- Anúncio -

A principal linha de investigação da Polícia Civil de São Paulo é que as duas amigas tenham sido vítimas do Tribunal do Crime Organizado. Segundo a polícia, as duas teriam sido mortas no mesmo dia e horário, mas com possíveis motivações diferentes. Uma delas manteria relacionamento com um policial militar e a outra com um traficante do Rio de Janeiro, o que iria contra os interesses do tráfico em Paraisópolis.

Até o momento, ninguém foi preso.

Relembre o caso:

Amazonenses que desapareceram em São Paulo são encontradas sem vida

Saiba mais em Fiscaliza Amazonas

Acompanhe nossas redes sociais

Instagram 

Facebook

Twitter 

 

Artigos Relacionados

Mantenha-se Conectado

1,298FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
29SeguidoresSeguir
158InscritosInscrever

Últimos Artigos