DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

   Ouça a FM 92.3
33.3 C
Manaus
domingo, outubro 24, 2021

DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

   Ouça Rádio Onda Digital FM 92.3

NBA: Brooklyn Nets afasta Kyrie Irving por se recusar a tomar vacina

O Brooklyn Nets afastou o armador Kyrie Irving, uma das estrelas da equipe, de jogos e treinos na manhã desta terça-feira, medida que valerá enquanto o jogador não se vacinar contra a Covid-19.

Um dos astros da NBA, Irving faz parte do grupo de menos de 5% de atletas da liga que recusaram a vacinação, o que o tornou inelegível para partidas em vários estados, incluindo Nova York, nos quais é exigido comprovante de imunização para entrar nos estádios.

- Anúncio -

Veja também:

Futebol americano: Técnico deixa time da NFL após denúncias de racismo e homofobia

Futebol Americano: Tom Brady bate recorde da NFL, e Bucs vencem Patriots

Kyrie, portanto, não poderia jogar nem mesmo em casa, diante de sua torcida. O gerente geral do Nets, Sean Marks, assina o comunicado abaixo, que demonstra que as negociações entre o jogador e a equipe não avançaram nos últimos dias e que o clube não aceitará uma participação apenas parcial de nenhum atleta.

Segue o comunicado na íntegra

Dada a evolução da situação e após deliberação minuciosa, decidimos que Kyrie Irving não jogará ou treinará com a equipe até que seja elegível para ser um participante completo. Kyrie fez uma escolha pessoal e respeitamos seu direito individual de escolher. Atualmente, a escolha restringe sua capacidade de ser um membro em tempo integral da equipe e não permitiremos que nenhum membro de nosso time participe com disponibilidade apenas parcial. É imperativo que continuemos a construir a química como uma equipe e permaneçamos fiéis aos nossos valores de união e sacrifício há muito estabelecidos. Nossos objetivos para o campeonato e a temporada não mudaram, e para atingir essas metas cada membro de nossa organização deve olhar na mesma direção. Estamos entusiasmados com o início da temporada e ansiosos por uma campanha de sucesso que deixará o Brooklyn orgulhoso.

Pouco depois de o comunicado ser publicado no site dos Nets, Sean Marks deu uma entrevista coletiva on-line, na qual comentou a decisão.

– Ele teve uma escolha para fazer e fez a escolha dele. Meu trabalho aqui é fazer o que acreditamos ser a melhor escolha para a organização como um todo. Nem sempre isso vai ser bem recebido, é um decisão difícil, como sei que não foi fácil para o Kyrie também decidir não estar com seus companheiros – disse o dirigente.

Segundo a ESPN americana, a NBA e o sindicato dos jogadores chegaram a um acordo para reduzir o salário anual dos atletas em 1/91,6 por cada jogo perdido por conta de impedimento pelos protocolos de vacinação. Essa pressão fez com que o ala Andrew Wiggins, do Golden State Warriors, se vacinasse na semana passada, embora deixando claro que se sentiu obrigado.

A temporada regular da NBA começa no dia 19 de outubro. Dois jogos marcarão o retorno da liga de basquete: Brooklyn Nets encarará o atual campeão Milwaukee Bucks, e logo depois o Los Angeles Lakers enfrentará o Golden State Warriors.

Via GE Esporte.

Acompanhe nossas redes sociais

Instagram

Facebook

Twitter

Artigos Relacionados

Mantenha-se Conectado

1,298FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
21SeguidoresSeguir
149InscritosInscrever

Últimos Artigos