DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

25.3 C
Manaus
sábado, dezembro 4, 2021

DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

Defesa Civil faz vistoria na sede da Cinemateca Brasileira

A Defesa Civil da cidade de São Paulo fez hoje (10) uma vistoria técnica na sede da Cinemateca Brasileira, na Vila Clementino. Segundo o órgão, a inspeção visual não identificou qualquer comprometimento na estrutura do prédio.

Segundo a Defesa Civil, a vistoria foi feita em todas as dependências do órgão, e foi acompanhada por representantes da subprefeitura da Vila Mariana e pelo secretário Especial Adjunto da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Hélio Ferraz de Oliveira.

- Anúncio -

A prefeitura de São Paulo informou que o espaço abriga bombeiros civis, “que se mostraram preparados para eventualidades”, e equipamentos de proteção contra incêndio dentro das normas estabelecidas. A administração da Cinemateca informou à Defesa Civil que o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) está em processo de renovação.

A sede da Cinemateca Brasileira fica na Vila Clementino, mas outra unidade da instituição fica na Vila Leopoldina, na zona oeste da capital, onde está armazenado parte do acervo. Além de salas de cinema, a Cinemateca é responsável pela manutenção e preservação do maior acervo da América do Sul, com mais de 42 mil filmes, além um milhão de documentos.

Incêndio na Cinemateca

Um incêndio atingiu galpão da Cinemateca Brasileira, localizado na Vila Leopoldina, zona Oeste da capital paulista, no final da tarde de hoje (29). Os bombeiros informaram que não houve vítimas e que 18 viaturas foram deslocadas para atender a ocorrência. No total, cerca de 70 bombeiros atuam na operação.

Segundo o Corpo de Bombeiros, houve um chamado para fogo em edificação comercial por volta das 18h na Rua Othão, 290. O incêndio foi controlado, mas por volta das 20h os bombeiros ainda continuavam trabalhando na ocorrência para que o fogo fosse extinto.

No endereço, fica guardado parte do acervo da Cinemateca Brasileira. O prédio principal da instituição está localizado na Vila Mariana.

Em 12 de abril, os trabalhadores da Cinemateca divulgaram manifesto em que fizeram um alerta sobre os riscos que corriam o acervo, os equipamentos, as bases de dados e a edificação da instituição. “A possibilidade de autocombustão das películas em nitrato de celulose, e o consequente risco de incêndio frequentemente recebem mais atenção da mídia e do público. A instituição enfrentou quatro incêndios em seus 74 anos, sendo o último em 2016, com a destruição de cerca de 500 obras. O risco de um novo incêndio é real. O acompanhamento técnico contínuo é a principal forma de prevenção”, dizia o manifesto.

Saiba mais em Fiscaliza Amazonas

Acompanhe nossas redes sociais

Instagram 

Facebook

Twitter 

Artigos Relacionados

Mantenha-se Conectado

1,298FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
29SeguidoresSeguir
158InscritosInscrever

Últimos Artigos