DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

   Ouça a FM 92.3
26.3 C
Manaus
quarta-feira, outubro 27, 2021

DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

   Ouça Rádio Onda Digital FM 92.3

‘Para ser pátria amada não pode ser pátria armada’, diz arcebispo de Aparecida

O arcebispo de Aparecida (São Paulo), Dom Orlando Brandes, afirmou nesta terça-feira (12) durante a missa das 9h, que “para ser pátria amada não pode ser pátria armada”. Essa é a missa principal do dia no santuário.

“Para ser pátria amada, seja uma pátria sem ódio. Para ser pátria amada, uma república sem mentira e sem fake news. Pátria amada sem corrupção. E pátria amada com fraternidade. Todos irmãos construindo a grande família brasileira”, disse o religioso durante o sermão.
Veja também:

“Pátria amada” é o slogan do governo de Jair Bolsonaro. Brandes não o citou, mas o presidente é favorável ao armamento da população e é investigado em inquérito sobre disseminação de informações falsas que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF).

- Anúncio -

No sermão, o Brandes lamentou as mais de 600 mil mortes por Covid e defendeu a vacina e a ciência – ao longo da pandemia, Bolsonaro defendeu medicamentos comprovadamente ineficazes contra a doença e questionou a eficácia das vacinas.

“Mãe Aparecida, muito obrigado porque na pandemia a senhora foi consoladora, conselheira, mestra, companheira e guia do povo brasileiro que hoje te agradece de coração porque vacina sim, ciência sim e Nossa Senhora Aparecida junto salvando o povo brasileiro.”

Via G1.

Acompanhe nossas redes sociais

Instagram

Facebook

Twitter

Artigos Relacionados

Mantenha-se Conectado

1,298FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
21SeguidoresSeguir
150InscritosInscrever

Últimos Artigos