DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

26.3 C
Manaus
sexta-feira, janeiro 21, 2022

DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

Projeto social em parceria com a CBF é confirmado no Amazonas

O governador Wilson Lima, durante o treino da Seleção Brasileira feminina de futebol na Arena da Amazônia, nesta terça-feira (23/11), destacou avanços no projeto Gol do Brasil, iniciativa do Governo do Estado em parceria com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Na coletiva de imprensa realizada no estádio, o governador deu detalhes sobre a estrutura preparada para a realização das partidas, válidas pelo Torneio Internacional de Futebol Feminino. A competição começa nesta quinta-feira (25/11), segue até o dia 1º de dezembro e reúne a Seleção Brasileira feminina e as equipes da Índia, Venezuela e Chile.

Veja também

- Anúncio -

‘Festival de Flores de Holambra’ começa neste sábado em Manaus

“Manaus Hot City”: curta-metragem amazonense conquista prêmio no Festival Mix Brasil 2021

De acordo com o governador Wilson Lima, além da retomada gradual de grandes eventos esportivos e culturais pelos baixos indicadores da pandemia de Covid-19, o Governo do Estado tem trabalhado para desenvolver projetos de relevância como o Gol do Brasil.

“É um programa muito interessante da CBF, o Gol do Brasil, com participações de algumas ex-jogadoras e ex-jogadores da Seleção Brasileira no início do projeto, e professores de Manaus que serão qualificados para o Gol do Brasil, que vai acontecer aqui em Manaus e no município de Autazes”, destacou.

A CBF vai conceder 32 licenças S (Social) da CBF Academy para preparar profissionais da rede estadual de Manaus, e outros 8 profissionais serão credenciados pela Prefeitura de Autazes. O objetivo é qualificar os profissionais que desejam atuar no projeto na condição de professor, facilitador, coordenador e/ou estagiário.

Gol do Brasil 

O governador Wilson Lima assinou, no dia 29 de outubro, um termo de cooperação técnica com a CBF para implantar o Projeto Gol do Brasil, que é uma ação social da CBF voltada para crianças e adolescentes, de 6 a 17 anos, em situação de vulnerabilidade.

O projeto é norteado pelas habilidades de vida, preconizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS): autoconhecimento, relação interpessoal, pensamentos crítico e criativo, empatia, resolução de problemas, tomada de decisão, lidar com emoções e estresse e comunicação eficaz. A meta é desenvolver cidadãos preparados para a vida além dos gramados, através do futebol.

*Via assessoria

Acompanhe nossas redes sociais

Instagram 

Facebook

Twitter 

Artigos Relacionados

Mantenha-se Conectado

1,298FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
39SeguidoresSeguir
165InscritosInscrever

Últimos Artigos